7 October 2007

...

vem deitar-te comigo no feno dos romances
para que a manhã não solte o ciúme
e de novo nos obrigue a fugir
vem estender-te onde os teus dedos são aves sobre o peito
esquece os maus momentos a falta de notícias a preguiça
ergue-te e regressa
para olharmos a geada dos astros deslizar nas vidraças
e os pássaros debicarem o outono no sumo das amoras

iremos pelos campos
à procura do silente lume das casssiopeias


Al Berto

Salsugem
Rumor dos Fogos/ 5

1 comment:

carolina said...

"...areias de cor indecisa/são bons estes lugares de cinza, para a solidão insuspeita dos pássaros..."
Parabéns!!! está realmente maravilhoso...